Enfim, os resultados das eleições americanas

resultados das eleições americanas

No dia 5 de janeiro, foram eleitos dois senadores democratas pelo estado da Georgia, deixando o Congresso dos Estados Unidos em mãos democratas. Este novo cenário requer outra análise quanto aos resultados das eleições americanas.

Na Câmara, o partido democrata já tinham conquistado maioria com as eleições de novembro. Em contrapartida, no Senado, a maioria apertada foi conseguida com os dois senadores da Georgia. Em números, democratas e republicanos têm 50 senadores cada. Porém, como o voto de desempate é dado pela vice-presidente, Kamala Harris, o partido do Governo passa a contar com 51 votos.

No geral, a divisão igualitária entre os dois partidos dentro das duas casas do Congresso seria a melhor opção. Isso porque dificultaria a aprovação de medidas extremistas ao exigir negociação e diálogo. No entanto, a maioria democrata por pequena margem ainda deve ser suficiente para evitar os extremos de sua ala mais radical.

Como esperado, devemos ter aumentos de impostos e gastos, assim como maior regulação durante a gestão Biden. Por outro lado, medidas como: a aplicação de um imposto de renda padrão europeu ou do imposto sobre grandes fortunas, não devem prosperar.

Além disso, é possível que os próprios democratas de centro se aliem aos republicanos e votem contra certos projetos. Por exemplo, durante a tramitação do novo pacote de estímulos de Biden, que inclui gastos adicionais de U$1.9 trilhões e o aumento do salário mínimo federal para U$15.

Por outro lado, o governo democrata deve tentar reconstruir a liderança americana no ocidente fortalecendo as instituições multilaterais criadas no pós-guerra e abandonadas por Trump.

Em síntese, os resultados das eleições americanas têm dois lados principais. Há expectativas de maior estabilidade a nível internacional com o mandato democrata na presidência. Mas também de efeitos negativos sobre o crescimento econômico americano devido a impostos e regulamentações excessivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *